domingo, 12 de outubro de 2008

Ainda bem!!

Se depender de novo disco, década perdida do Oasis continua Para integrantes, sétimo álbum da carreira deveria ser 'volta às raízes'. Refrões de levantar estádios ficam no passado remoto da banda. Esse texto aí de cima foi de Amauri Stamboroski Jr. do G1 Não. Não vou fazer uma crítica ao disco novo do OASIS. Ainda não ouvi, não gosto de falar do que eu não sei - deles eu só tenho dois discos, logo, não sou fã nem acho que tenha embasamento pra críticar. Mas o que me chamou atenção nesse material do G1 foram os comentários ao texto. Quando lí era 94. Começei a olhar os primeiros e só descendo a lenha no cara que escreveu. Fui ver o resto. Fiz a graça de contar: dos 94, 27 concordavam com o crítico ou eram mais neutros. Os outros detonaram o pobre do Amaury. Isso me fez pensar duas coisas: 1) Não deve ser fácil ser crítico. Dá trabalho. Acho que, primeiro, você tem que estar muito bem preparado pra falar com coerência. (Vejam meu amigo Astier Basílio que comprou seis livros de Chico Anísio para poder entrevistá-lo!! Um orgulho esse menino!!) Depois você tem que estar preparado para as críticas que vão fazer à sua crítica. E vão ser muitas... Eu às vezes sinto que os críticos tem uma tendência a serem negativos em muitos casos. Não é possível (ou até é né...?) que só antigamente é que se fazia coisa boa!! 2) Questão de gosto. Pra mim, esse é o ponto principal. Graças a Deus que é como dizem por aí: Gosto é feito c*. Cada um tem o seu!! Aqui coloquei os cometários da primeira página pra vocês terem uma idéia do que eu tô falando! Ana C|08/10/200820h57 pretensioso, chegou ontem e quer falar mal do oasis? baixa a bola vai Luiz|08/10/200820h54 Bom mesmo é NxEmo... Critico de araque!!! Abelardo|08/10/200819h52 Só posso dizer que você escutou o CD errado amigo, The Shock of the Lightning? Bag It Up? bem melhor que varias do BHN... I`m outta time? Clássica! Isso sim é Oasis. Rogério|08/10/200818h55 kara muito fraco esse comentário, em todas as críticas mundiais esse é um dos melhores albuns da carreira do Oasis, não escutem esse panaca!!! o som é excelente, me surpreendi com este álbum... Tomas T.|08/10/200818h48 o que esperar de alguém que se chama Amaury Junior? só pode vir besteira mesmo, a faculdade até que foi boa, ruim é a pretensão de querer falar mal de um cd que você ouviu uma vez e já achou ter parametro pra escrever besteira, fique com seu folk, por favor Sérgio Mota|08/10/200818h48 o que esperar de um amaury jr. da vida? volta pro folk, meu filho. sabe de nada, entende porra nenhuma de música. Júlia|08/10/200818h46 é, vai comentar axé, seu tosco. Fernando |08/10/200818h03 Volta no MySpace e escuta o disco meu caro. Não basta amontoar um monte de informações para escutar um disco. Tú é um asno metido a sociológo! Larry Flint|08/10/200816h59 Pô, o que esperar de um camarada que frequenta a Trama Music -hahahaha- e acha Casei de Ser Sexy o must da modernidade - hahahahahaha-(da série, o google acabou com a sua privacidade). Eu não sou fã da banda Oasis, tenho dois ou três discos aqui em casa, mas nota-se claramente que há birra aí... G. A.|08/10/200816h22 Compara uma banda com beatles é elogio, cara que fez a crítica foi tão mané que nem pensou nisso. Magical Mistery Tour é melhor do que 97% dos albuns de todo o resto de bandas do mundo, pra quem realmente entende de música (Strawberry Fields Forever.... putz). Jackson Ferreira Gomes|08/10/200814h58 Amauri Stamboroski Jr. não sabe o que é melodia. Na verdade foi o arpejo de violão dos Beatles que o Oasis usou (há uma imensadiferença nos termos). Amauri Stamboroski Jr. não sabe o que é fazer uma crítica, seu texto deixa isso bem claro. Decepção com o G1!! Rodrigo Gorgiletto|08/10/200814h56 Sujeitinho metido a crítico do G1 não ouviu o álbum. Segundo Noel, a intenção neste disco não é fundamentá-lo em refrões e estruturas triviais, e sim experimentar novas formas. O álbum soa icrivelmente contemporâneo, com energia, vitalidade e o grande talento do grupo para harmonias e melodias. Thales RS|08/10/200814h28 essa crítica é a prova da imcopetencia e da evoluçao do rock brasileiro. Afinal, ou esse crítico é um chato sem namorada ou ele mora num quarto cheio de posters do Nxzero que a sua mãe comprou. Evolção do rock brasileiro: Raul Seixas, Cazuza, Legião Urbana e agora NXZERO....é brincadeira pqp Rafael|08/10/200814h14 ´Década perdida´? Oasis foi inspiração para bandas como Artic Monkeys, Kasabian e tantas outras. Músicas de leventar estádios?! É impressionante como sempre falam besteira. E sempre lembram Wonderwall e Don`t Look Back in Anger. Pelo vistou, só ouviu as músicas na novela da época... LOSER. Discordo!!!!!!!!!!!|08/10/200813h56 Acho que como todo bom disco que pretende trazer algo mais do que ´refrões fáceis pra levantar estádios´ esta obra-prima do Oasis merece mais respeito e também mais tempor para ser ´digerida´ / interpretada. Esse é o típico disco que somente após 1 mês de audição se deve fazer alguma crítica. Roberto|08/10/200813h02 Nunca li tanta babaquisse!!! ´Crítico´ horrível!!! tadeuchagas|08/10/200813h02 se eu fosse a globo demitiria esse triste comentarista!sabe nada! Carlos Fernandes|08/10/200812h02 Muito bom crítico musical. Falando besteira pra dar e vender! Existe fase MAGIC BUS do Who? Vai estudar um pouco a história da música pra saber do que tá falando, meu caro. O Oasis merece SIM respeito, pois hoje em dia é uma das bandas mais significativas, e acho que sempre será, da música mundial. bruno alencar|08/10/200811h48 essa coisa de numsei quantas mil copias é um tanto relativo. Afinal, Padre Marcelo Rossi é o campeao de vendas no Brasil. Ivete tb. Pior é gente sem informaçao. Falar que a imprensa mundial só falou bem... veja a Rolling Stone americana ou a média do site Metacritic. O cd é fraco mesmo. Bruno Vinícius|08/10/200811h11 É típico da imprensa nacional ´descer o pau´ em bandas internacionais como o Oasis, enquanto exaltam as bandas nacionais de qualidade duvidosa (ruins mesmo!) como Cpm22 e Nx0. Eu gostei do disco, o melhor do rock desde Young Modern do Silverchair. Michael Lennon|08/10/200811h08 ´Enredado pelas próprias fórmulas e míope pelo ego, o Oasis está longe de exercer alguma influência fora de seu próprio feudo de fãs.´ O que? Prefiro nem comentar isso. É ridículo. ListenUpMusic|08/10/200810h46 Bem que esse critico poderia refazer uma faculdade de jornalismo na Inglaterra! Assim poderia fazer uma critica no bom estilo UK! Diego Rocha|08/10/200810h33 O cara copiou e colou o 1° parágrafo da crítica...hahahaha. Pegou frases soltas totalmente fora do seu contexto é foda, e ainda fazer comentários sobre as músicas. tsc,tsc Cadê o diploma???? Thiago Gomes|08/10/200810h25 O disco tá muito bom,não tem nenhum hit no disco,mas tá muito bem feito....o cara q escreveu essa crítica não entende nada de música....fez a crítica do disco baseada em gosto pessoal e não em fatos. Ester|08/10/200810h11 Hm... vc conhece mesmo Oasis? Consegue ouvir o crescimento musical da banda? Ou vc espera que ela estanque e continue a fazer o mesmo som que há 10 anos atrás? Concordo com o Gerardo quando parabeniza o G1 pela crítica superficial do álbum.

2 comentários:

Luis Felipe disse...

não tem como levar a sério um cara que ´fala bem de Nxzero, que é uma banda totalmente pré-fabricada pela indústri e voltada para o comércio e fala assimd e quem faz música boa!

enfim, é como diria Zappa:
"quem sabe faz, que não sabe fazer, ensina, e quem não sabe ensinar, vira crítico!"

Astier Basilio disse...

Gilzinha,
falar mal
dá mais gana,
mais energia.
:-)