quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Não assim...

E esse calor que não acaba E essa dor que não tem fim E essa moleza que se arrasta E essa dor de cabeça, lateja E essa febre que fica E essa tosse que não passa E esse sono que não vem E essa fome que aparece E essa comida que não desce E esse peso que vai Eu até queria uns dias em casa Mas não assim... No lenço de papel ficou até a minha vontade de escrever

3 comentários:

Sônia Silvino disse...

Oi, Gil! Que gripe, hein?!
Estou aguardando a tua visita:
Meus blogs:
soniasilvinoreflexoes.blogspot.com
soniasilvinoamaanimais.blogspot.com
soniasilvinoresgatandoemocoes.blogspot.com
soniasilvinopuradiversao.blogspot.com
sendofeliznaterceiraidade.blogspot.com
Tua visita será uma honra pra mim, afinal... sou tua seguidora, pois és muito talentosa.
Bjkas! Sônia Silvino
Em tempo:
Dá pra notar que eu sou louca por blogs???

Clébio Melo disse...

A bichinha... Mas agora passou, né? Já pode beber? kkkkk

sabrina disse...

Gil, não é por nada não mais até doente você escreve perfeitamente. Melhoras da gripe e quanto a vontade de escrever que ficou no lenço de papel... acho que não ficou não. Beijos