segunda-feira, 11 de abril de 2011

Para sempre, para Amélie


Sexta, dez de abril. Nossas vidas estavam prestes a mudar e não sabiamos que seria naquele dia.  Sábado de aleluia virou onze de setembro. O ano: 2009. E sim, o calendário está certíssimo. Na sexta daquele ano o dia seguinte seria só mais um onze de abril, mas às 08h43 o mês virou setembro. Não no sentido da catástrofe, mas da data que, por mais que você queira, não vai esquecer nunca o que aconteceu nela. É um daqueles acontecimentos que você, por mais que tente, não consegue ficar indiferente, não consegue não lembrar  - sim, porque esquecer já são outros quinhentos.  Não. Nada de tragédias. Muito pelo contrário. O onze de abril de 2009 amanheceu alegremente azul para receber a rosa de minha vida. Aquele botão pequenininho, mas que encanta e fica cravado na pele para sempre. 

E eis que o tempo voa e chega 2011. 2 anos. 11 / 04/ 11. Os números, os significados e os simbolismos.  Os fatos. Garanto, minha vida não será mais a mesma. O tempo passa e a certeza de um sentimento forte só se reafirma. As lembranças vão virar carnaval e virão todos os anos.

Será que um dia você vai ler isso? Eim, titia? Então saiba: você é um presente! 
Parabéns arianinha de minha vida!

11/04/2009

PS.: E quando falo em 11 de setembro não é onda não! Olha só isso "8h48 - O avião da American Airlines atingiu a Torre Norte do WTC."  Agora olha o relógio lá em cima.. Quase...

2 comentários:

Taty Valéria disse...

Nossa, que linda história... me emocionei.

Ivonete disse...

Amei... tudo muito lindo.
O tempo passa tao rápido, foi ontem e 2 anos se passaram... saudade e cada dia amamos mais e mais essa linda pequena que nos faz tao feliz.
Curte titia, ta crescendo!
bjus!