sábado, 10 de janeiro de 2009

Máscara

Fui fugir... me fantasiar de feliz...foi bom... Encontrei conhecidos, dancei e suei pra ver se tudo sai no suar pra ver se passa logo... Bebi o vinho mais barato como se fosse de safra especial que jeito de começar o ano! mas se ele é novo, vou tentar fazer juz mesmo querendo que não fosse assim ou que fosse, só que de outra forma mas já me disseram que eu quero demais que eu quero tudo agora eu queria só mais uma coisa... que o tempo passasse logo... tô sem chão ainda... tô buscando fugas, momentos, tudo em vão... por trás do sorriso que ainda aparece tem um vazio do tamanho do sentimento que carrego hj eu ainda tô cansada e também derrotada no campo de batalha, agonizando esperando ser salva de vez, ou não... mas esperando... sempre...

Um comentário:

Clébio Melo disse...

É, minha amiga, parece que a madrugada do sábado foi destinada ao desabafo para nós. Tive um sono de cão e tratei sobre ele no meu último post. Foi a forma que encontrei de aliviar a alma. Se aceitar o conselho, ore sempre a Deus. Nunca estamos sós...