sábado, 5 de dezembro de 2009

Há!!

Percebi uma coisa: eu adoro rir da cara da humanidade - aquela que me cerca! Sabe quando você diz uma frase, faz uma piadinha ou até mesmo não diz nada, mas seu silêncio é compreendido por uma pessoa e todas as outras não se ligam, não percebem!? Não precisa muita coisa não! Basta uma palavra e você saca na hora que a mensagem foi recebida. Ou basta uma palavra pra entender que foi pra você. Eu tento. Juro que eu tento me fazer de morta, que não percebi, que não foi comigo,mas tem hora que não dá. Fico morrendo de medo de minhas bochechas quase entrando em erupção me entregarem, mas elas não vão jogar contra mim e estragar tudo né!? (Eu espero!) E sabe o que é melhor? Depois lembrar desses momentos e ficar rindo sozinha!

6 comentários:

Nanda Sales disse...

kkkkkkkkkkkk minha bochecha tb fica assim, e o olho fecha e fico vermelha... coisas de riso sincero!
bjos

Sônia Silvino disse...

Oi, Gil!
Vim te visitar e desejar um ótimo domingo!
Bjkas!!!

Sônia Silvino disse...

Oiiiii! Voltei pra fazer outra visitinha.
Te espero nos meus blogs com um cafezinho virtual bem gostoso!
Bjs!!!

Marina Magalhães disse...

Ou gargalha de vez ou dá três expirações curtinhas. É tiro e queda!!! Ah, e sim, também prefiro três quilos a mais, contanto que sejam felizes. Culpa pra quê? Só ria :)

Sônia Silvino disse...

Oi, Gil...
Tem um presente pra ti em:
http://soniasilvinothebestblogs.blogspot.com
Passe lá e descubra o que é!
Bjkas!

Anônimo disse...

Como é bom ver essas coisas escritas por ti. te conheço ou melhor passo a conhecer masis e mais, que bom!
Amo tu! bjus!