sábado, 15 de maio de 2010

De volta pra o futuro

E lá estavamos nós... Em um tempo que não era o nosso e nos perguntando como seria viver nele Os acordes nos levaram longe, muito tempo atrás. E entre a alegria daquela música que trás uma lembrança boa O tempo ia passando e, numa ordem cronológica, derramamos nossas vidas Alí, entre um tamburilar de dedos na mesa pessoas da mesa vizinha cantando alto e sons O amanhecer ainda nos traria novas batalhas Mas quem se importa? Já foram tantas à nossa porta e demos conta... Quando o tempo passar, mais lá na frente, a gente conta como foi.

Um comentário:

Jocélio disse...

sabe quando palavras são incapazes de traduzir um sentimento?
pois eu senti agora!
só da pra dizer que achei perfeito!
não sei como reagiria se não tivesse passado por uma situação semelhante... mas nas condições atuais... show de bola!