segunda-feira, 20 de abril de 2009

Presente

Quando não vejo, quero ver. Quando estou longe, quero estar perto Quando estou perto, não quero soltar Quando não solto, fico dando um monte de cheirinho na cabeça Quando encosta a cabeça no meu peito, sinto o coração dela bater forte Quando sinto o coração dela bater, enche de alegria o meu Quando meu coração se enche de alegria, olho pra ela e penso: É um presente de Deus! Tem como não amar muito?!?!